Paraná sobe no pódio na Copa do Brasil de Taekwondo

O Estado do Paraná garantiu o terceiro lugar na Copa do Brasil de Taekwondo, evento que foi realizado no Palácio dos Esportes, na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte. O evento ocorreu entre os dias 21 a 24 de novembro e reuniu 670 atletas. Ao todo, a última grande competição nacional da temporada teve mais de 500 combates.

O Paraná contou com 62 atletas e eles colocaram a Seleção Estadual no terceiro lugar no pódio com 263 pontos. O título ficou com São Paulo que somou 307 pontos e a equipe anfitriã de Rio Grande do Norte ficou com a segunda posição com 279 pontos. O Paraná não conseguiu a segunda posição por modestos 16 pontos. Mas ficou à frente de referência como o Rio de Janeiro.

O presidente da Federação Paranaense de Taekwondo (FPTDK), Ricardo Zimmer, fez uma avaliação do desempenho da seleção do Estado. Segundo ele, as questões logísticas atrapalharam um pouco a delegação. “Foi um desempenho mediano em virtude da distância do local da Copa do Brasil. Isso fez com que vários atletas que já estavam classificados em etapas posteriores não fossem para o evento. Além do clima muito quente, que prejudicou o desempenho de alguns dos nossos lutadores”, avaliou o presidente.

Mas Zimmer destacou os resultados mais expressivos do Paraná, que foi vice-campeão na categoria Máster e o título no Infanti. “No Máster, o resultado foi inesperado pois os quatro atletas que foram para o torneio medalharam. Foram dois ouros e dois bronzes. E no Infantil, conseguimos o título, pois os atletas foram muito bem, com seis ouros, uma prata e três bronzes. De vinte categorias, subimos no pódio em dez. Não conseguimos maior êxito nas categorias Juvenil, Adulto e Sub-21 às quais foram muito desfalcadas”, disse ele.

E Zimmer fez questão de enaltecer o esforço de todos que foram até a Copa do Brasil, em Natal. “Gostaria de parabenizar a todos que fizeram parte deste evento que foi muito bem organizado pela Confederação Brasileira de Taekwondo CBTKD;. Quero agradecer também aos técnicos da Seleção Paranaense e auxiliares pela dedicação: Gilberto Morando, Andre Almeida, Leandro Felisberto, Alex Albert, Claudio Matheus Goes, Gilberto Dias, José Domingos e Eurico Chagas”, completou o presidente.