PARANÁ É VICE-CAMPEÃO DO SUPER BRASILEIRO DE TAEKWONDO

Por pequenos detalhes, a Seleção Paranaense de Taekwondo não ficou com o título geral do Super Campeonato Brasileiro da modalidade. A competição foi realizada no Rio de Janeiro, entre quarta (15) e domingo (18). Com uma das delegações mais expressivas o time que representou o nosso Estado ficou com o vice-campeonato. E não é um resultado a ser lamentado, como explicou o presidente da Federação Paranaense de Taekwondo (FPTKD), Ricardo Zimmer. “Foi um resultado excelente por categorias. Apenas não ficamos no pódio do Máster, o que nos custou o título. Mas ficamos muito contentes pelo resultado da Seleção e individualmente também. Foi um evento de padrão internacional com a maioria das categorias com 12 atletas para cima. A evolução tecnica também foi um ponto importante, já que vários estados medalharam”, analisou Zimmer.

A Seleção Paranaense contou com 147 lutadores no Super Brasileiro. Por categorias, foi campeã na Cadete, na Juvenil e na Sub-21. O time paranaense faturou o vice-campeonato nas categorias Infantil e Adulto. Por consequência destes resultados, faturou o vice-campeonato geral.

 

Campeões

O Estado do Paraná teve destaques individuais no Super Brasileiro de Taekwondo. E vários atletas subiram no lugar mais alto do pódio. Na categoria Infantil, o título ficou com Eduarda Simoni (até 46 Kg) e com João Gabriel Rodrigues Kossler (até 32 Kg). Na Cadete, os campeões foram Bianca Reguelin (até 33 Kg), Hemilyn Butinge (até 44 Kg), Mauro Schuastz (até 53 Kg) e Gabriel Otilio (até 61 Kg). Já na categoria juvenil, os campeões foram Giovanna Schardosin (até 63 Kg), Isadora (acima de 68 Kg) e Matheus Gabriel Luz (até 78 kg).

No Sub-21, destaques para os atletas que conquistaram a medalha de ouro: Fagner Dantas (até 63 Kg), Maria Isabelly (até 57 Kg), Lara Maria Brasil (até 67 Kg). Ana Paula Alves (até 73 Kg). E no Adulto, Khiuani Dias faturou o ouro na categoria até 62 Kg.

Na categoria Adulto, foram dois campeões: Jonathan Alves (até 87 Kg) e Lucas Ostapiv (até 80 Kg). Já na categoria Máster, Gilmar de Almeida faturou a medalha de ouro (acima de 80 Kg).

 

Homenagens

A cerimonia de abertura do Super Campeoanto Brasileiro de Taekwondo teve uma homenagem aos atletas medalhistas e treinadores dos Jogos Pan-Americanos e do Campeonato Mundial.

 

Curso

Na quarta-feira (15), antes do início da competição os treinadores e dirigentes das federações estaduais participaram de um curso realizado pela Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD) e pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) com um coach americano, Juan Miguel Moreno, um dos nomes de maior prestígio no cenário mundial.