Atletas do Brasil se destacam no Campeonato Mundial de Parataekwondo

O Brasil está presente no Campeonato Mundial de Parataekwondo. O evento acontece em Antalya, na Turquia, e a delegação brasileira conta com seis atletas. Alexandre dos Santos, Bruno Motta, Cristhiane Neves, Débora Menezes, Fabrício Marques, Nathan Torquato. O mestre paranaense Rodrigo Ferla é o coordenador-técnico da Seleção Brasileira de Parataekwondo. “Estou à frente da Seleção há um ano e quatro meses. Neste período, montamos uma equipe e em pouco tempo já estamos no lugar mais alto do pódio”, disse.

Ferla fez referência à atleta paulista Débora Menezes. Nesta quarta-feira (06), ela conquistou a medalha de ouro no Campeonato Mundial de Parataekwondo, no último dia do evento. Com o resultado de 7 a 3, Débora Menezes, da categoria acima de 58kg, se tornou campeã mundial ao superar a atleta do Uzbequistão Guljonoy Naimova, quarta colocada no ranking mundial. O terceiro lugar ficou com a japonesa Shoko Ota e a francesa Laura Schiel.

 

Bronze

Um dia antes, na terça-feira (05), Cristhiane Neves ganhou o bronze pela categoria até 58 kg. Cristhiane venceu a sérvia Marija Micev por 21 a 1 na disputa pelo bronze. A brasileira de 32 anos sofreu uma amputação braço esquerdo, abaixo do cotovelo, devido a um acidente de motocicleta, aos 28 anos. Ela conheceu o Parataekwondo em 2014 e no ano passado foi campeã brasileira e faturou o bronze no Open da modalidade, nos Estados Unidos. Esta foi a oitava edição do Campeonato Mundial da modalidade e é a competição que agrega o maior número de pontos para a classificação para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. Ao todo, participaram da competição 400 atletas, de 69 países, quase o dobro da última edição de 2017.

“Conseguimos um ouro e um bronze. Fizemos história na modalidade que vai estrear no ano que vem nos Jogos Paralímpicos”, disse Ferla.